Inglês do Algumlugar.net

Esse blog contém os posts do antigo ingles.algumlugar.net

Estamos chegando — 10/18/2016

Estamos chegando

escrevisobre

O site algumlugar.net será desativado em breve e os posts sobre as aulas de inglês que a Flavia fez ao longo dos anos serão passados para esse canto aqui.

Foram muitos textos que ainda geram interesse para quem está procurando informações sobre proficiência em inglês, preparação para os testes exigidos para cursar pós-graduação, ou simplesmente uma entrevista de trabalho.

Apesar da Flavia não estar mais dando aulas de inglês, esperamos que seus textos continuem a ajudar as todas as pessoas em algum lugar nesta net tão grande.

Este questionário ajuda a pensar seus objetivos! — 06/10/2016

Este questionário ajuda a pensar seus objetivos!

Produzi um questionário online para alunos que me procuram para ter aulas de inglês geral. Está em inglês, para alunos que já chegaram ao intermediário e avançado e querem continuar seus estudos. Decidi colar o link aqui.

Se você quiser, pode preencher, ele ajuda a refletir o que é que se quer de aulas particulares. A versão em português para alunos básicos ainda vou ficar devendo… em geral eu só consigo produzir essas coisas pensando nos meus alunos reais e faz um tempo que eu não tenho os básicos (apesar de gostar de dar aulas para todos os níveis…).

Esse questionário não ajuda muito quem quer estudar para testes de proficiência. Eu precisaria fazer outro só para essa demanda.

🙂

Professora Silvia Carvalheira — 04/07/2016
Retomando Aulas — 09/29/2015

Retomando Aulas

Terminado o mestrado, estou de volta às aulas de inglês. Novos e antigos alunos são bem-vindos. Nada, nestes três anos de pós, foi atualizado neste site, mas ainda chego lá. Por enquanto, o aluno que aqui chega pode ter uma ideia dos tipos de demandas que eu estou acostumada a atender, e mesmo aqueles que não se tornam meus alunos estão convidados a uma reflexão que pode ajudá-los a definir melhor seus objetivos e encontrar métodos e profissionais que o ajudem.

Professor Gustavo Uchida — 09/14/2015
Professor Marcio — 08/27/2015

Professor Marcio

Recebi o contato de mais um professor que quero repassar a vocês

Que bacana. Me identifiquei muito com seus comentários.
Para mim, dar aulas tem sido minha atividade principal. E me identifico com o fato da seriedade levada a cobrir a necessidade do aluno nas mais variadas situações.
Deixo aqui portanto meus contatos e meu website,

clica aqui… QueroFalarInglês

Oficina de Tradução LAPS — 03/25/2015

Oficina de Tradução LAPS

Alguns links que estou deixando disponível. Noutro dia, quando houver mais tempo, eu posso organizá-los, mas vocês sabem que a vida é corrida. Então por enquanto eu vou deixá-los disponíveis aqui:

Sobre etimologia:

http://www.mirror.co.uk/news/uk-news/words-literally-changed-meaning-through-2173079

http://www.cracked.com/blog/the-5-weirdest-ways-words-have-changed-meanings/

http://mentalfloss.com/article/54770/15-words-dont-mean-what-they-used

20 words that once meant something very different

 

Aprendendo a usar seu dicionário

http://www.oxforddictionaries.com/us/words/11-activities

 

Reformulação de aparência do site — 01/26/2015
Accents of Great Britain — 08/08/2014

Accents of Great Britain

Working as a teacher, people ask me if my English is more American or British in pronunciation, to which I usually retort “Which british accent, and which American accent are you talking about? There are hundreds, really…”. Here’s a video about accents in GB, it’s more about great regions of pronunciation, because there are actually hundreds of local pronunciations. It’s a nice vídeo, worth listening to 🙂

A Tour of The British Isles

Dicionários e provas de tradução — 11/05/2013

Dicionários e provas de tradução

Muitas das provas de proficiência para o ingresso ou continuidade dos programas de pós-graduação da USP são traduções de textos de área. Na minha opinião é a prova mais acertada a se fazer, pois requer que o aluno demonstre que consegue compreender um texto da sua área, traduzindo-o para sua língua natal.

Essa deveria ser a prova mais “baba” da face da Terra e, no entanto, alunos de todos os níveis têm dificuldades com ela. Por quê? Continuar lendo